Psicodelizando
sobre nós

Sobre nós: Uma breve história do Psicodelizando

Sobre nós!

A psicodelia está em todo lugar!

Desde 2012 na cena psicodélica brasileira, o Psicodelizando atua como coletivo de redução de danos, na cobertura de festivais como imprensa assim como mídia divulgadora, na produção de eventos pelo Brasil e como marca de vestimentas psicodélicas.
Somos um coletivo engajado na pluralidade artística brasileira, tendo em nossa equipe artistas e profissionais das mais diversas áreas, todos unidos em prol de um sonho: disseminar a arte e a psicodelia.
No âmbito de mídia e imprensa atuamos com o portal Psicodelizando.com.br que, ativo desde o início de 2017, já é hoje um dos maiores portais em nossa língua e das Américas a reunir e desenvolver as temáticas Redução de Danos, Arte Psicodélica, Psicoativos e Festivais de EDM.
No Psicodelizando mantemos uma equipe de redação colaborativa e aberta, buscando manter a multilateralidade acerca de assuntos que são verdadeiros dogmas sociais. Sobre nós: Não há barreiras para o debate, visando o estímulo crítico do cenário proibicionista, reducionista e artístico brasileiro.
Na cena independente, no lado mais “coletivo”, o Psicodelizando trás em seu portfólio atuações das mais diversas naturezas, como nos festivais Mundo Psicodélico Festival (SP), Ultra Music Festival – Brasil (RJ), Universo Paralello 14 (BA) o evento artístico ENEARTE 2017 (BA) entre outros.
Participamos também, juntamente com a comunidade psicodélica da cidade de São Paulo (sede), no desenvolvimento de ações públicas que reivindicam a ocupação de espaços públicos como o projeto “Trilhas Psicodélicas” que explora e mapeia trilhas próximas dos centros urbanos, visando à popularização do acesso à natureza. E o projeto “Encontrão”, que há 2 anos vêm sendo um grande ponto de encontro de artistas independentes, além de espaço aberto para debates amplos, usando como pano de fundo a icônica Avenida Paulista.
Em geral nossa equipe é diversa e plural, presente em 7 estados brasileiros, além de correspondentes em Portugal, com o objetivo de levantar questionamentos e informar o público acerca de questões que, muitas vezes, a sociedade esconde debaixo dos panos. Ora ativistas, ora jornalistas, ora artistas… somos todos Psicodélicos!