OCB Março
Peyote

Conheça 10 benefícios da mescalina

Peyote - Conheça 10 benefícios da mescalina

Ajuda até mesmo no aprendizado! Conheça 10 benefícios da mescalina, substância originária do cacto Peyote.

Peyote, o cacto que origina a mescalina. Como todos os outros psicodélicos, seu uso tem sido ampliado em todo o mundo. Embora menos conhecida, a substância tem sido alvo de estudos diversos, que comprovam sua eficácia em tratamentos clínicos ou mesmo na saúde do usuário. Com base nos estudos, listamos algumas características para que você conheça 10 benefícios da mescalina, de acordo com um artigo publicado pelo The Culture Trip.

  • Mescalina proporciona momentos completamente espirituais

Usada a princípio para este fim, a substância faz parte da psicodelia avançada. Relatos geralmente se assemelham na sinestesia: sensação de que uma reação desencadeia outra – como, por exemplo, a audição de certo som induz a visão de alguma cor. A popularização do cacto pode ser correlacionada ao bem-estar espiritual.

  • Mescalina pode ajudar na solução de um problema

Cientistas têm descoberto que o cacto possa ajudar na solução dos problemas a partir do estímulo à criatividade, com os efeitos perdurando em semanas após uma única dose.

peyote - Conheça 10 benefícios da mescalina

Conheça 10 benefícios da mescalina – cacto Peyote

  • Mescalina deixa as pessoas mais felizes

Assim como outros psicodélicos, a mescalina pode atuar no hipocampo e ativar conexões neurais de serotonina, hormônio relacionado à felicidade. Isto ajuda pacientes com depressão e mudanças no humor e na percepção.

  • Mescalina ajuda na ansiedade

Um estudo de 2013 concluiu que o uso prolongado da mescalina está relacionado a uma queda bruta nos sintomas da agorafobia: um transtorno de ansiedade que faz com que os portadores se sintam ameaçados em determinados ambientes.

  • Mescalina reduz pensamentos suicidas

Pesquisadores da Universidade do Alabama concluíram que os psicodélicos, incluindo a mescalina, ajudam na redução de pensamentos suicidas. De acordo com dados da Pesquisa Nacional sobre uso de Drogas e Saúde, pessoas que experienciaram psicodélicos ao menos uma vez na vida obtiveram diminuição em tais pensamentos.

  • Mescalina ajuda no alcoolismo

Um professor de medicina de Harvard passou anos estudando sobre a mescalina e concluiu que o cacto pode ajudar no vício em álcool. O médico concluiu, também, que as sessões cerimoniais são importantes para um efeito certeiro da substância.

  • Mescalina pode aprimorar o aprendizado

Um grupo de pesquisadores descobriu que a mescalina pode ajudar no aprendizado. Em uma experiência, um peixe sob efeito da substância aprendeu mais rapidamente a evitar choques num estudo sobre prevenção de choques.

  • Mescalina fortalece sua visão ecológica

Psicodélicos e ecologia têm sido correlacionados. Segundo um estudo de 2017, pessoas com experiências em tais substâncias afirmaram que houve uma promoção na percepção da natureza, incluindo vegetarianismo e reciclagem.

  • Mescalina faz com que pessoas cometam menos crimes

Dados coletados pela Pesquisa Nacional sobre uso de Drogas e Saúde levam à conclusão de que pessoas com alguma experiência psicodélica tendem a cometer menos crimes violentos. Indivíduos relataram uma diminuição de 18% nas probabilidades de prisão por crimes hediondos e 27% nas probabilidades de prisão por roubo.

  • Mescalina pode ajudar em outras áreas da saúde

Embora não há pesquisas sobre a relação mescalina-dor, o cacto foi tradicionalmente usado no México como remédio para dores nas articulações, nos dentes, doenças de pele, etc.

Comente também!

comentários

1 Comment

1 Comment

  1. Pingback: Os deuses astronautas e seus cactos interplanetários - Psicodelizando

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Psicodelizando é mantido pela Psicodelia Minha Doce Esquizofrenia, um portal criado para compartilhar ideias, experiências, arte e ativismo. Estamos em conformidade com a lei e não fazemos apologia a nenhum tipo de substância.

Siga-nos

CIMA